terça-feira, 15 de maio de 2012

Gelo? O novo ergogénico?

Um estudo publicado no International Journal of Sports Physiology and Performance, revelou que a utilização de simples sacos de gelo para arrefecer os músculos entre séries, aumentou (cerca de 21%) o número de repetições por série, respectivamente.



Segundo este trabalho o arrefecimento dos músculos ajuda a melhorar a performance em exercícios repetitivos de alta intensidade, como por exemplo no treino intervalado.

Aparentemente as baixas temperaturas permitem a melhor utilização de ATP pelos músculos, levando assim a contracções musculares mais eficientes e à redução dos níveis de fadiga.

Os níveis de CK não aumentaram no grupo que utilizou o arrefecimento com sacos de gelo, o que pode indicar menor dano muscular (honestamente não sou grande adepto da CK para aferir dano muscular).
Dando significado à CK provavelmente não será um bom método para aumentar os níveis de hipertrofia.


Será desta que levamos sacos de gelo para o ginásio?



Filipe Teixeira
Direcção Técnica-Body Temple, Lda
The Tudor Bompa Institute, Portugal.
Nutrition & Performance Department of TBI.



As opiniões aqui contidas apenas reflectem a opinião do autor e não necessáriamente da empresa Body Temple Lda/Tudor Bompa Institute. Consulte sempre o seu médico ou profissional de saúde antes de enveredar por qualquer suplemento, plano alimentar ou tratamento.



Referências bibliográficas:
Galoza P et al. Resistance Exercise Inter-Set Cooling Strategy: Effect on Performance and Muscle Damage. Journal of Sports Physiology and Performance, 6:4 580-584, 2011       


Sem comentários:

Enviar um comentário