domingo, 15 de setembro de 2013

O que é o mTOR?





 Questão que me foi colocada por e-mail. Quando se fazem perguntas relativamente complicadas, torna-se difícil responder de forma simples...








O mTOR (Mammalian Target of Rapamycin) é uma proteína (concretamente uma serina/treonina cinase de 289 kDa), composta por 2489 aminoácidos. Existem outros nomes para este mTOR: FRAP, RAFT1, RAPT1 ou SEP. Acredita-se que o mTOR estimula a síntese proteica a partir de 3 proteínas regulatórias: p70s6k (p70 ribosomal S6 kinase), 4E-BP1 (eukaryotic initiation factor 4E-binding protein 1) (1,2) e eIF4G (eukaryotic initiation factor 4G) (3). Esta proteína está assim altamente associada à síntese proteica, estando também implicada em alguns processos de carcinogénese.

Embora alguns autores defendam que o mTOR é também um sensor energético, olhando para a proteína do ponto de vista meramente bioquímico, tal parece pouco provável devido à elevada KM (constante de Michaelis-Menten) ao ATP (~1 mM) (4). Nesta perspectiva seria necessário uma redução substancial de ATP, para activar de forma significativa o mTOR. 

Funções do mTOR (5).


O mesmo já não se verifica em relação a outra proteína a AMPK (AMP-activated protein kinase), que efectivamente detecta pequenas variações de AMP.


 
Vias possíveis de activação do mTOR a partir de aminoácidos (5).



Cumprimentos,
Filipe Teixeira
Director Of Nutrition-Tudor Bompa Institute International
The Tudor Bompa Institute, Portugal
Direcção Técnica-Body Temple, Lda



As opiniões aqui contidas apenas reflectem a opinião do autor e não necessáriamente da empresa Body Temple Lda/Tudor Bompa Institute. Consulte sempre o seu médico ou profissional de saúde antes de enveredar por qualquer suplemento, plano alimentar ou tratamento.


Imagens: Web

Bibliografia:

1. Brunn GJ, Fadden P, Haystead TA, Lawrence JC. The mammalian target of rapamycin phosphorylates sites having a (Ser/Thr)-Pro motif and is activated by antibodies to a region near its COOH terminus. The Journal of biological chemistry. 1997 Dec 19;272(51):32547–50.

2. Burnett PE, Barrow RK, Cohen NA, Snyder SH, Sabatini DM. RAFT1 phosphorylation of the translational regulators p70 S6 kinase and 4E-BP1. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 1998 Feb 17;95(4):1432–7.

3. Raught B, Gingras AC, Sonenberg N. The target of rapamycin (TOR) proteins. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 2001 Jun 19;98(13):7037–44.

4. Dennis PB, Jaeschke A, Saitoh M, Fowler B, Kozma SC, Thomas G. Mammalian TOR: a homeostatic ATP sensor. Science (New York, N.Y.). 2001 Nov 2;294(5544):1102–5. 

5.  Deldicque L, Theisen D, Francaux M. Regulation of mTOR by amino acids and resistance exercise in skeletal muscle. European journal of applied physiology. 2005 May;94(1-2):1–10.

1 comentário:

  1. bom dia ,
    é verdade de que a mTOR atua para controlar a propagação do câncer?
    e cientista estão testando em ratos para ajudar a voltar a visão nos seres humanos??

    ResponderEliminar